Fundo Bibliográfico Museologia - Universidade Lusófona

A Área da Museologia tem aos seu dispor um dos maiores fundos bibliográficos dedicados á museologia existentes em Portugal  e ainda ao maior agregador de bases de dados de publicações científicas em texto integral oriundas das mais importantes editoras a nível internacional: a b-On - Biblioteca do Conhecimento.

Novas aquisições

  • Lucy, Responsive Environments: Architecture, Art and Design, V&a Contemporaries, 2011
  • Reinhardt, Uwe, and Teufel, Philipp, New Exhibition Design 01, Avedition, 2008
  • Macdonald, Sharon, A Companion to Museum Studies, Blackwell Companions in Cultural Studies, 2011
  • Domingues, Álvaro; Silva, Isabel; Lopes, João Teixeira; Semedo, Alice. A Cultura em Acção. Impactos Sociais e Território. Edições Afrontamento. 2003
  • Bennett, Tony. The Birth of the Museum. History, theory, politics. Film Policy. 2004 
  • Hooper-Greenhill, Eilean. Museums and the Shaping of Knowledge. 2004 
  • Vergo, Peter. The New Museology. Reaktion Books. 2000 
  • Edson, Gary. Museum Ethics. Routledge, London and New York. 1995 
  • Fopp, Michael A. Managing Museums and Galleries. Routledge, London and New York. 2003 
  • Dean, David. Museum Exhibition. Theory and Practice. Routledge, London and New York. 2003 
  • Caple, Chris. Conservation Skills. Judgement, Method and Decision Making. Routledge, London and New York. 2004 
  • Simpson, Moira G. Making Representations. Museums in the Post-Colonial Era(Revised Edition). Routledge, London and New York. 2001 
  • Mclean, Fiona. Marketing the Museum. Routledge, London and New York. 2002 
  • Boletim Trimestral da Rede Portuguesa de Museus. Vols. 12 e 13 - 2004
  • Manuel d’eclairage muséografique, Jean-Jacques Ezrati, OCIM, 1995
  • Manuel de Conservation prèventive, gestion et contrôle des Collections, Denis Guillemard et Claude Laroque, OCIM, 1999
  • La conservation prèventive des collections, Agnés Levillain, Philippe Mairot, OCIM, 2002
  •  Publics et musées nº 13, Public,Nouvelles Tecnologies, Musées, Presses Universitaires de Lyon, 1999
  •  Publics et musées nº 17-18, L’Écomusée: Rêve ou Realité, Presses Universitaires de Lyon, 1999
  • Patrimoine et musées, l’instituition de la culture, Dominique Poulot, Hachette, 2003
  •  Sociologie du Public dans le Champ culturel et artistique, Antigone, Mouchtouris, Harmattan, 2003
  • Le Musée Virtuel, Bernard Deloche, PUF, 2001
  • Manuel de Museographie, Marie-Odile de Bary, Jean-Michel Toblem, Séguier, 1998

A atual Biblioteca da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, teve o seu embrião em 1994, num espaço no Palácio de Santa Helena, no Largo do Sequeira, n.º 7, em Lisboa, começando a funcionar com cerca de 4.000 monografias, das quais 3.000 foram oferecidas pelo Prof. Victor de Sá, docente e 1º Bibliotecário Geral da Universidade Lusófona.
Em 17 de Novembro de 2000, a Biblioteca muda para novas instalações, as atuais, no Campo Grande, nº 380-B, num edíficio contíguo ao da Universidade, mantendo a designação.

Hoje é um espaço privilegiado da Universidade, com um significativo acervo documental, em constante atualização, constituído por mais de 78.000 documentos em suporte papel:

  • 76.000  Monografias
  • 1.698 títulos de publicações em série:

Além dos documentos disponibilizados em formato papel, a Biblioteca Victor de Sá dispõe igualmente de documentos digitais e Bases de Dados em linha.

Consulte os nossos Recursos Electrónicos